Informação do seu perfil Configuração da Conta
Encerrar sessão
Inscrever-se Entrar

Modelo de Notificação Extrajudicial de Advertência a Condômino por Perturbação do Sossego

Modelo de Notificação Extrajudicial de Advertência a Condômino por Perturbação do Sossego

  • Crie seu documento em minutos
  • Acesse de qualquer dispositivo
  • Assine online com segurança
Criar documento

Mais informações sobre a Notificação Extrajudicial de Advertência a Condômino por Perturbação do Sossego

Utilize este modelo de notificação extrajudicial para formalizar uma advertência ao condômino que esteja perturbando o sossego dos demais moradores.

Confira a seguir mais informações a respeito desse documento.

 

 

Se você é síndico do condomínio edilício em que reside (prédio ou condomínio residencial); verificou ou chegou a seu conhecimento a ocorrência de perturbação do sossego; já tentou conversar com o morador que tem causado o problema e, mesmo assim, não houve a cessação de tal prática, este modelo de notificação extrajudicial é um meio eficaz de solucionar o impasse vivenciado de forma amigável.

É importante pontuar que a dita perturbação do sossego é contravenção penal, definida na Lei de Contravenções Penais como sendo a prática das seguintes condutas, cumulativas ou não: (i) gritaria ou algazarra; (ii) exercício de profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;  (iii) abuso de instrumentos sonoros ou sinais acústicos; e/ou (iii) provocação ou não impedimento de barulho produzido por animal de que tem a guarda.

Através da Notificação Extrajudicial de Advertência a Condômino por Perturbação do Sossego, você formalizará, por escrito, o envio da advertência em razão dos reiterados comportamentos inconvenientes, perturbadores do sossego dos demais condôminos, salientando que, persistindo tais atitudes, haverá incidência em contravenção penal.

Além disso, a notificação extrajudicial não deixa de ser uma tentativa de resolução de conflitos sem que haja necessidade de se arcar com custas judiciais e honorários advocatícios.   No caso de eventual disputa judicial, o documento é valido como instrumento de prova.

Este documento é pertinente se você:

  • É síndico do condomínio ou edifício em que reside; e
  • Deseja enviar uma advertência ao morador de uma das unidades do condomínio, em virtude de prática de comportamentos que configuram a perturbação do sossego alheio.
  • Identificação do Notificante (síndico);
  • Identificação do Notificado (morador que tem causado os referidos transtornos);
  • Descrição dos fatos e formalização da advertência; e
  • Indicar prazo imediato para cessação dos problemas apresentados na notificação extrajudicial, sob pena de incidência em contravenção penal.

Para mais informações, você pode consultar diretamente um de nossos especialistas.